Guia BH: L’Entrecôte de Paris

Sabe lugar que tá sua listinha há tempos e você nunca consegue ir? Pois é, o L’Entrecôte era desses! A casa abriu há um ano aqui em BH e eu morria de vontade de experimentar o famoso entrecôte com molho secreto e batata, prato único do lugar. Fomos almoçar no final de semana e logo que cheguei já curti: as grades da varanda têm cadeados, tipo as pontes de Paris (fofo!) e o interior tem vários detalhes que me lembraram os restaurantes tradicionais da capital francesa, principalmente o Chartier, que já indiquei por aqui.
lentrecote1
Sentamos e esperamos, esperamos, esperamos… Comecei a ficar impaciente, principalmente depois do maître passar pela nossa mesa, pedir pra um garçom completar a mesa do lado e ignorar que estávamos ali sem ser atendidos. Foi só quando ele passou por nós uma segunda vez e ao ver minha cara de sei lá o quê (chata de galocha?) perguntou se estava tudo bem. Contei que não havíamos sido atendidos e ele veio atender, mas antes de qualquer coisa contou sobre uma reclamação da cliente de outra mesa e completou que ela que estava errada… Isso me incomodou um pouco, tipo desnecessário, sabe? Mas o cara era simpático, explicou tudo e já pedidos bebidas pra ele mesmo.
Aí aconteceram duas coisas que achei forçadas: eu pedi água com gás, e ele respondeu algo do tipo “Ah claro, temos a Perrier menor e a maior, de 700ml, ideal pra mais de uma pessoa”… Eu perguntei se tinham alguma marca normal e ele falou que sim e eu pedi, mas precisava mesmo empurrar a água mais cara? Será que todo cliente perguntaria? E a outra coisa, parecida até, é que uma garçonete veio com uma bandeja com o couvert, e o ele apresentou “Temos o couvert classique e também esse prato de queijos”. Só que o prato de queijos não é couvert, é uma entrada que custa o dobro do couvert. Achei que apresentar as duas opções lado a lado fez com que parecesse dois tipos de couvert, e aí você pede na inocência… Enfim, achei pouco transparente da parte do restaurante, mas pedi o que queria e fim.
Logo em seguida veio o garçom, também simpático, e anotou nossos pedidos. Nessa hora achei legal que ele anotou na toalha de papel da mesa, exatamente como eles fazem no Chartier =)
lentrecote2

Antes do prato principal chegar eles oferecem uma salada, que é simples mas bem gostosa, com folhas (alface americana e roxa), tomates e um molho de iogurte com nozes. Rapidinho chegou o prato principal. O ponto da carne estava PERFEITO, maciiiia e suculenta. O tal molho secreto é mágico, uma coisa que consegue deixar a carne que já é incrível ainda mais deliciosa (e eles passam com mais molho se você quiser – você vai querer!), tudo isso acompanhado de batatas fritas perfeitas: quentinhas, fininhas na medida e crocantes. Eles também passam com mais fritas, mas a porção que vem no prato é super generosa. Resumindo: amei a comida!! Estou salivando só de lembrar, hahah! Ah, e vale dizer que a porção é bem farta, na próxima eu não peço couvert.

lentrecote3

Apesar de ser um restaurante de um prato só, o L’Entrecôte tem muitas opções de entrada e sobremesa, e eu já tinha ouvido falar super bem dos doces. Escolhemos a Surprise au Chocolat, uma bola de chocolate recheada com sorvete de baunilha e que na hora de servir o garçom derrama calda quente de nutella por cima (claro que postei no Snap, haha!). Sinceramente, achei que seria ok, mas era ótima!! Evaporou da mesa, heheh!

Gostei muito do L’Entrecôte, apesar do atendimento estranho (lento no início e querendo empurrar coisas caras) a comida é muito boa e o ambiente é simpático, vou voltar mais vezes =)

Aqui em BH o L’Entrecôte de Paris fica na R. Marília de Dirceu, 189, em Lourdes. 

O post Guia BH: L’Entrecôte de Paris apareceu primeiro em Chata de Galocha! | Lu Ferreira, e é de autoria de Lu Ferreira.



Fonte: Chata de galocha

Comentários

comentários